Por que os brasileiros parcelam suas compras?

11 . 09 . 2019

Conheça melhor sobre esta particularidade no hábito de compra dos brasileiros que é muito comum na aquisição de uma ampla gama de bens e serviços.

Os hábitos de compra dos brasileiros têm suas singularidades como em outros países, consequentemente, no segmento de pagamentos cada país adota seus métodos próprios se adaptando à cultura local. Diferentemente da maioria dos países, onde os pagamentos à vista são predominantes, no Brasil e em alguns outros países da América Latina, o parcelamento do valor das compras caiu no gosto de consumidores e varejistas e representa mais da metade das vendas do varejo brasileiro.

O parcelamento no Brasil nasceu há algumas décadas, e foi uma ferramenta que obteve êxito no impulsionamento do consumo no varejo em tempos em que a inflação era alta e imprevisível. Comprar produtos por meio de pequenos pagamentos mensais tornou-se crucial neste momento para tornar o consumo viável e manter o termômetro das vendas aquecido mesmo em meio a cenários econômicos instáveis.

Por meio das compras parceladas, 80 milhões brasileiros ativos economicamente ganham poder de compra, já que a aquisição de bens de médio e alto valor é facilitada, como celulares, eletrodomésticos, roupas entre outros. O parcelamento fez tanto sucesso localmente que acabou se tornando popular também nas compras do dia a dia, não apenas aquelas que tem ticket médio mais elevado. Quando um consumidor está em frente a um caixa ou no checkout do e-commerce é esperado que as opções de parcelamento sejam apresentadas, sem juros ou taxas embutidas, garantindo assim as conversões em momentos de ausência de liquidez.

Como funciona o parcelamento

Para mostrar de forma clara como funciona o parcelamento, exemplificaremos a compra de um Iphone XS que custa no Brasil em torno de BRL 5000 e pode ser adquirido em 12 parcelas mensais de BRL 415, sendo assim mais acessível para o consumidor brasileiro, pois o pagamento parcelado cabe no bolso do consumidor.

Segundo pesquisa de comportamento de consumo do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil), 79% dos brasileiros costumam utilizar o pagamento em parcelas. Entre os produtos mais comprados dessa maneira estão as roupas (32%) e os eletrônicos (28%). De acordo com o mesmo estudo, o número médio de parcelas é 6,3 meses.

O parcelamento é uma preferência nacional

Em razão deste particular hábito de compra do consumidor brasileiro, é importante que novos entrantes do mercado apresentem esta opção de parcelamento nas vendas de produtos e serviços no Brasil, a fim de garantir uma participação relevante no mercado. Não apresentar esta modalidade representará uma grande dificuldade de transformar o interesse em vendas. O parcelamento é amplamente difundido no varejo tradicional e no online, e é encarado como uma alternativa sempre à disposição das dezenas de milhões de consumidores brasileiros, podendo assim aumentar os índices de conversão em 50%.

O Bexs Banco oferece os principais meios de pagamento, assegurando que negócios internacionais atinjam todo o mercado brasileiro.

Tags

B2C

#compartilhe

Você também vai gostar!